Algumas das novas regras da Fórmula 1 a partir de 2014

Por JLA a Quinta feira, 21 de julho de 2011 12:32

O Mundial de Fórmula 1 vai sofrer grandes alterações nas regras a partir de 2014, sendo que a mais significativa passa pela introdução dos motores V6 de 1600cc. Mas não só, pois os monolugares passam, por exemplo, a funcionar apenas com motor elétrico nas boxes, entre outras. Fique a conhecer algumas das novas normas na generalidade.

Modo elétrico no pitlane

A partir do início de 2014 todos os monolugares terão de utilizar um motor elétrico durante as suas passagens no pitlane. A nova geração do KERS permitirá que assim seja.

Maior capacidade 'híbrida'

Devido à introdução da regra que obriga ao modo elétrico nas boxes, será aumentada a capacidade do KERS, 80 cv para cerca de 160 cv.

Caixas de 8 velocidades

A partir de 2014, passará a haver restrições na alteração das relações das caixas de velocidades, que terão de se manter inalteradas, quer se corra no Mónaco ou em Monza. Contudo, passam a ser permitidas caixas de oito relações.

Especificações do motor

Para além da confirmação dos motores 1,6 litros V6, com um ângulo fixo de 90 ° em V, a FIA anunciou que o fluxo de combustível será limitado a 100 kg/hora. Este fluxo diminui à medida que as rotações do motor caem abaixo de 10.500 rpm a uma taxa de 9 kg/hora para 1.000 rpm.
O diâmetro dos cilindros foi fixado em 80 mm, enquanto o peso do motor (incluindo o KERS) foi fixado num mínimo de 155 kg. O peso de KERS deverá ser entre 20 e 25 kg.

Motor ligado pelo piloto

Outra vantagem dos sistemas híbridos é que os pilotos deverão ser capazes de iniciar seus motores sem qualquer ajuda externa. Esta nova regra acaba com os abandonos de corrida devido ao motor ir abaixo em pista. Deve ser possível a qualquer piloto reiniciar o motor do seu monolugar a qualquer momento sem qualquer ajuda externa.

Comentários

Re: Algumas das novas regras da Fórmula 1 a partir de 2014
por LinsIvan1
2 pontos 13:31 | Quinta feira, 21 de julho de 2011
não percebo a intenção de ter a mesma caixa para pistas como Monza e Monaco: mexer nas relações de caixa faz parte do acerto e daí podem provir melhor balanço para uma pista, etc...
Re:Algumas das novas regras da Fórmula 1 a partir
por JPCQ
1 ponto 14:19 | Quinta feira, 21 de julho de 2011
Para mim a novidade mais marcante é uma que não está aqui mas que eu li no regulamento que está em PDF no site da FIA. Os carros vão, para além de recuperar energia das travagens com o KERS, recuperar o calor perdido nos escapes! É recuperação por todo o lado!
Diferencial?
por ruifwd
1 ponto 15:15 | Quinta feira, 21 de julho de 2011
Alterando a relação do diferencial já permite correr em Monza como no Mónaco.
Re: Algumas das novas regras da Fórmula 1 a partir de 2014
por AYRTON_DA_SILVA
1 ponto 16:20 | Quinta feira, 21 de julho de 2011
E o Ef'eito Solo que tanto se falava não foi avante
Re: Algumas das novas regras da Fórmula 1 a partir de 2014
por gtman
1 ponto 22:42 | Quinta feira, 21 de julho de 2011
O mais interessante é a forma como evitam que alguém tente desenvolver um motor de baixo regime (teoricamente mais eficientes) reduzindo o fluxo de combustível abaixo das 10.500. A salientar o ângulo contra-natura dos cilindros. Para um 6 cilindros ter um funcionamento regular tem que ter um ângulo de 0, 60, 120 ou 180º. Será que podem usar cambotas com os moentes 30º desfazados?
Safadeza
por Anónimo
1 ponto 15:58 | Quinta feira, 2 de agosto de 2012
Regras de bosta. Regras de merda.
FAQ. Como funciona a comunidade no Autosport
Para deixar o seu comentário necessita de ser utilizador registado. O registo é gratuito e demora pouco mais de 30 segundos. Clique aqui  para se registar.

Se por caso já for utilizador registado, clique aqui para entrar. Depois disso, poderá comentar qualquer conteúdo.


Em caso de dúvida escreva-nos para autosport@autosport.pt, seremos tăo breves quanto possível a responder.

Autosport

Qual a sua especialidade preferida nos desportos motorizados?